Cálculo Urinário

 

O cálculo urinário é um agrupamento de partículas minerais que, ao se acumularem, solidificam e formam algo similar a uma pedra. Justamente daí surge o nome popularmente conhecido de “pedra no rim”. Ele é encontrado no sistema urinário (rim, ureter, bexiga ou uretra).

O surgimento dos cálculos urinários pode acontecer em qualquer idade, mas é mais comum nos homens com idade entre os 20 e 40 anos. Em torno de 12% da população masculina e 5% da feminina tem algum sintoma cuja origem são os cálculos urinários.

 

Como o nosso organismo desenvolve o cálculo urinário?

Ainda não é bem claro como acontece a formação do cálculo urinário. A origem do seu desenvolvimento não é entendida na sua totalidade. A teoria mais plausível é que exista uma quantidade excessiva de substâncias minerais na urina, as quais cristalizam e acabam se aglomerando até formarem o cálculo. A redução do volume de urina pode também ter ligação com o problema, por isso é tão importante sempre beber bastante água.

 

Quais os sintomas do cálculo urinário?

Quem possui um cálculo urinário, às vezes, não sente sintoma algum. Em muitos casos, o paciente pode descobrir a situação de maneira acidental, quando realiza exames de rotina ou por qualquer outro motivo. Por isso estar atento às características que indicam predisposição da pessoa a ter essa condição é tão importante.

Mas o corpo pode apresentar algum sinal de que existe a presença de um cálculo urinário. O mais comum é ter cólica renal, que é uma dor forte na área lateral do corpo que pode se propagar para a área abdominal e, em alguns casos, chegar até a região genital.

Outras características que podem surgir são: aparecimento de sangue na urina, vômitos, vontade frequente de urinar e diminuição da quantidade de urina.

É importante tomar cuidado para não confundir a cólica renal com dores musculares ou na coluna lombar.

 

Quais características indicam predisposição do paciente para ter cálculo urinário?

  • Histórico na família de casos;
  • Já ter anteriormente desenvolvido cálculo;
  • Beber pouco líquido;
  • Ingerir muito sal;
  • Dieta alimentar com muita proteína animal e gordura;
  • Não fazer atividade física;
  • Estar acima do peso saudável para sua idade e sexo;
  • Malformações do rim;
  • Infecção urinária crônica;
  • Ter realizado cirurgia bariátrica.

 

Quais as substâncias que normalmente formam o cálculo urinário?

  • Oxalato de cálcio (mais comum)
  • Fosfato de cálcio
  • Ácido úrico
  • Estruvita (associado à infecção bacteriana)
  • Cistina
  • Apatita

 

Como é feito o tratamento?

Um médico especialista deve fazer a avaliação do paciente. Após a análise, ele poderá optar por usar medicações específicas ou até cirurgia.